Ratos

Controle de ratos

A família Muridae é a maior dos mamíferos, com cerca de 600 espécies. Entre as espécies que causam prejuízos ao homem (domiciliares), podemos destacar:

  • As ratazanas (Rattus norvegicus)
  • Rato-preto (Rattus rattus)                
  • Camundongos (Mus musgulus)

Métodos de controle

Utilizamos iscas granuladas a base sementes sempre acondicionados em porta iscas e/ou blocos parafinados (resistentes à água) para áreas úmidas

Este processo consiste na aplicação de produtos raticidas em diversos pontos e repetidas vezes se tecnicamente recomendado.

Os locais de instalação deverão ser nas áreas onde materiais ou alimentos estejam sendo atacados, pontos de passagem e esconderijos e tocas, quer sejam internas ou externas, tais como:

Parte inferior de gôndolas e nos pés das prateleiras, por baixo de armários, ralos, bueiros, valas ou córregos, tocas, forros, muros, cercas, parte superior de dutos de ventilação ou encanamentos aéreos, etc. 

O produto raticida atua exclusivamente por ingestão, e sendo anticoagulante, evita odores pós-morte. Para maior facilidade dispomos de raticidas em formulação granulada e ou bloco parafinado, sendo as parafinadas mais adequadas para áreas de maior umidade, como, ralos, áreas externas, etc.

Pó químico

Mesmo os ratos vivendo em esgotos, eles são mamíferos muito limpos, e por isso estão constantemente se lambendo. Esse pó é colocado nas tocas, e onde os ratos passam, fazendo com que fique grudado no pelo, e quando o rato se lamber ingerirá o produto, o levando a morte também por hemorragia..

Dispositivos de Captura

Especificamente em locais em que uso de Raticidas não seja recomendado ou seguro, seja por presença de animais domésticos, crianças e/ou por determinação de Legislações específicas, utilizamos dispositivo porta-cola atóxico, para captura física; tal dispositivo pode ser utilizado ainda para monitoramento dos pontos de passagem de roedores, medindo o nível de infestação.